Curiosidades do Sono

Tipos de sonhos e seus diferentes significados: conheça os mais comuns

Muitos são os tipos de sonhos e cada um traz um significado diferente, concomitante ao que vivemos no dia a dia e às informações que o nosso cérebro internaliza e consolida durante o momento do sono.

Entretanto, podem acontecer semelhanças entre o que você e outra pessoa sonham, afinal os processos mentais acontecem, em sua maioria, de formas parecidas. Para isso, diversos estudos e análises chegaram a conclusões de significados por trás de tudo o que você sonha.

Quer saber mais sobre? A FA Colchões vai explicar, fique de olho no post!

Sonhos: saiba o que os estudiosos dizem sobre

Mesmo que nem todas as pessoas conheçam o que as teorias dizem sobre os sonhos, é inegável que, quando há um muito estranho, procurar o significado do que foi “visto” é uma das primeiras coisas que fazemos quando despertamos.

De toda forma, vê-los sob a perspectiva de pesquisadores é muito interessante, porque pode acontecer a compreensão de muitas coisas que a nossa mente nos mostra.

Os estudiosos mais conhecidos que se dedicaram a desvendar os mistérios foram Sigmund Freud e Carl Jung, mas cada um tem uma maneira particular de analisar os aspectos psicológicos, por isso suas conclusões se diferem.

O que Freud diz?

Freud, em seu livro “A interpretação dos sonhos”, frisa muito o subconsciente e todas as suas expressões em sua teoria da psicanálise. Assim, os sonhos que temos são uma maneira de nos expressarmos, subconscientemente, do que realizamos com base em nossos instintos e dos desejos não atendidos durante o nosso dia a dia.

É muito comum termos sonhos assim, não é? Quando nos desentendemos com uma pessoa ou pensamos muito em maneiras de resolver determinados conflitos que podem estar atrapalhando a relação, por exemplo, sonhamos em resoluções para isso, seja por meio de brigas, de conversas, entre outras coisas.

Para ele, todos os sonhos podem ser interpretados, basta analisar o que você viu e considerar a sua rotina, as coisas que aconteceram ou que você deseja que aconteçam.

O que Jung diz?

Diferente de Freud, Jung não acreditava que os sonhos eram apenas vontades que não foram realizadas. Para ele, o inconsciente coletivo pesa mais do que o pessoal, assim símbolos que fazem parte do mundo onírico aparecem como figuras e essas podem ajudar na interpretação.

Jung trabalha muito com arquétipos, sendo o animus e a anima os mais importantes, sendo o primeiro o lado masculino que está presente no inconsciente feminino, e a anima o lado feminino no inconsciente masculino. Esses sempre aparecem como figuras de autoridade, como alguém que admiramos bastante, um ancião, entre outros.

Assim, para ele, o sonho é algo comum e natural, uma reação do nosso subconsciente a algo que aconteceu conscientemente. Além disso, pode ser um conflito entre ambos, assim como uma modificação do inconsciente ao consciente, transformando atitudes, entre outras coisas.

Tipos de sonhos e classificações: entenda sobre cada uma

Depois de ver um pouco sobre como cada estudioso pensa sobre os sonhos, é preciso entender como cada um se classifica. Assim, no geral, eles podem ser divididos em sonhos: lúcidos, premonitórios e telepáticos.

Dessa forma, falamos que sonhos lúcidos são aqueles em que a pessoa sabe que está dormindo e que está sonhando. Nesse caso, assim que há essa percepção, é totalmente possível que a pessoa consiga despertar por vontade própria.

Sabe quando você está tendo um sonho meio confuso ou um pesadelo, mas, de repente, tem a súbita ciência de que está no meio de algo que não é real? Você pode tentar manipulá-lo conforme sua vontade ou acordar para sair daquele estado.

Quando falamos em premonições, a crença é que vai muito além de reações do nosso subconsciente, trazendo consigo questões místicas. Pessoas que são muito ligadas ao plano espiritual, normalmente, são as que mais têm os sonhos premonitórios.

Nesse caso, eles se ligam por informações que vemos durante o dia e possíveis acontecimentos que, no momento do sono, são tão reais que podem gerar preocupações quanto a sua veracidade.

Por fim, os sonhos telepáticos são aqueles em que você e alguém vivo ou falecido podem se comunicar. Isso acontece, geralmente, com pessoas próximas, mas também há a possibilidade de esse se misturar com o premonitório. Ele também pode ser quando alguém transfere a mente para outra pessoa, o que é uma grande coincidência.

E cada um pode acontecer de uma maneira, mas é incrível saber o quão poderosa é a nossa mente, não é?

Sonhos mais habituais e suas explicações

Dentre esse mundo vasto e complexo de nosso inconsciente, como já foi dito, é muito comum que pessoas sonhem com coisas parecidas, seja pelo dia a dia, pelas reações de nossa mente aos acontecimentos do dia, entre outras coisas.

Sendo assim, os mais habituais de acontecer são: sonhar que está caindo, que está voando, sonhar com morte ou nascimento e com traição. Cada um desses tem uma possível explicação considerando os estudos apresentados e as interpretações do dia a dia.

Sonhar que está caindo

Freud considera que esse sonho pode vim de uma vivência de nossos ancestrais, que tinham o costume de dormir ao ar livre, seja em locais altos ou baixos. Mas também pode acontecer por sentirmos medo de tomar alguma decisão, por nos sentirmos sozinhos, entre outras coisas.

Mas algumas interpretações dizem que esse sonhar que está caindo e acordar assustado é uma maneira do cérebro avisar ao corpo que paramos de respirar. Assim, sofremos um pequeno susto que resulta no despertar e voltamos a respirar normalmente.

Sonhar que está voando

Quando pensamos em voar, uma das primeiras coisas que podem vir à mente é a liberdade, poder ir para onde quisermos e sermos independentes. Em linhas gerais, quer dizer isso mesmo, Freud considera esse desejo de liberdade para pessoas que se sentem, de alguma forma, oprimidas.

Jung segue quase o mesmo princípio, ligando-o à superação de limites e da realidade, transcendendo-a, o que vem do profundo desejo das pessoas de sempre evoluírem e de vencer barreiras.

Sonhar com nascimento

O nascimento, em muitas culturas, traz o significado de mudanças positivas, realização de metas, entre outras questões que podem trazer muita felicidade às pessoas. Mas também pode ser ligado à sua família ou a alguém próximo a ti que esteja grávida, assim há aquele nervosismo de que tudo dê certo.

Sonhar que foi traído(a)

Esse tipo pode ser muito ligado a inseguranças e incertezas quanto ao relacionamento, ou a conflitos que vocês não resolveram ou internalizaram e não conversam sobre. Está muito ligado também ao medo de perder o que tem e de recomeçar.

Para a psicanálise, também está muito ligado ao ato de não confiar em si mesmo e mentir, enganando-se, ou melhor, traindo a si mesmo.

Além desses, existem outros, como sonhar que perde dentes, que está sendo perseguido e muito mais, que são mais comuns entre as pessoas.

Em linhas gerais, tudo pode acontecer, tanto a teoria de Freud quanto a de Jung, assim como apenas uma reação ao que ouvimos, aprendemos e passamos e, até mesmo, traumas. O meio de saber exatamente o que causa os sonhos que você tem é consultar um psicólogo que tem estudo na área ou que a considera relevante.

O mundo dos sonhos é muito complexo, não é? Mas é sempre interessante saber um pouco mais sobre.

Então, o que achou? Conte seus sonhos para nós! E fique sempre ligado(a) em nossas publicações semanais, sempre temos conteúdos super interessantes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo