Bebê e CriançaDormir Bem

Como fazer o bebê dormir a noite toda? 10 dicas práticas!

Descobrir técnicas para que o bebê tenha uma noite tranquila com certeza é um dos temas mais recorrentes no círculo de conversa entre papais e mamães. A regulagem do sono da criança influencia diretamente na rotina de toda a família, principalmente para quem se tornou mãe e pai pela primeira vez!

A higiene do sono deve ser levada em consideração desde os primeiros dias de vida do recém-nascido. Por isso, o blog Feliz Acordar selecionou dicas importantes para que você saiba como fazer o bebê dormir a noite toda e garantir o descanso necessário para todos os moradores da casa.

O sono de má qualidade prejudica o sistema nervoso central tanto dos adultos quanto das crianças, além de desregular mecanismos importantes como memória, humor e concentração. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o sono do bebê também é responsável pelo seu crescimento saudável, fortalecimento da imunidade e ganho de habilidades e peso!

Em geral, o neném começa a dormir a noite inteira após os 6 meses de idade. Contudo, há diversos fatores que podem postergar esse período de transição e é essencial que os responsáveis pela criança apliquem métodos que contribuam para uma boa higiene do sono dos pequenos. Confira quais são eles!

Dicas para fazer durante o dia

O erro mais comum dos pais é acreditar que o segredo para fazer o bebê parar de acordar durante a madrugada se restringe apenas ao que deve ser feito no horário da noite. Pelo contrário! Como o neném precisa de várias horas para descansar bem, é preciso dosar os estímulos durante o dia para facilitar o sono noturno. Veja quais recomendações seguir:

1) Crie rotina de interação com o bebê durante o dia

Quando você realiza várias tarefas durante o dia, o cansaço que chega à noite é perfeito para te fazer dormir por várias horas, certo? O mesmo vale para o bebê, porém com moderação! Estímulos como brincadeiras que envolvem massinhas e blocos de montar são ótimos para manter o bebê ativo.

Mas, atenção: é preciso ter moderação na qualidade e quantidade de atividades feitas com o bebê. O cansaço extremo deixa a criança estressada e agitada demais para dormir devido ao aumento na produção de cortisol, conhecido como hormônio do estresse.

2) Controle a duração das sonecas do bebê

Os cochilos ao longo do dia são importantes para o descanso pleno do bebê. Espera-se que os nenéns durmam, em média, 17 horas por dia, enquanto os bebês de até 11 meses tenham 15 horas de sono e depois diminuam para 13 horas entre o primeiro e segundo ano de vida.

Esses números consideram as horas das sonecas diurnas e também do período da noite. Tendo isso em mente, permita que a criança adormeça por até 3 horas seguidas durante o dia. Ao acordá-lo, mantenha o bebê ocupado, seja com brincadeiras, amamentação ou troca de roupas e fraldas.

3) Cuide da exposição à telas na infância

Você sabia que o costume de colocar a criança na frente da televisão ou do tablet é altamente nocivo para o desenvolvimento dela? As luzes artificiais dos aparelhos eletrônicos afetam a produção do hormônio do sono, a melatonina, e causam estímulo em excesso nos bebês.

Deixe para assistir desenhos e filmes de animação com seu pequeno quando ele completar 2 anos de idade e limite a exposição em 1 hora por dia. Conforme o crescimento da criança, estipule a regra de usar eletrônicos para até 1 hora antes do horário habitual de dormir.

Dicas para fazer durante a noite

Rotina é a palavra de ouro para a criação saudável de toda criança! Assim como as atividades do dia precisam de algumas regras, o momento de dormir também deve respeitar o processo que contribui para tranquilizar o bebê, evitando distúrbios do sono infantil e que seja simples o suficiente para que qualquer adulto da família possa fazer essa tarefa com confiança.

4) Comece o ritual relaxante no banho do bebê

Um banho seguido por uma massagem calmante no corpo do neném é um excelente método para indicar à criança que é hora de descansar. Na hora de vesti-la, dê preferência a pijamas de algodão sem amarrações ou botões que possam incomodar, apertar demais ou prejudicar os movimentos do bebê durante o sono.

5) Verifique a fralda da criança

Certifique-se de que a fralda não esteja suja ou úmida na hora de colocar o bebê para dormir, evitando assim, incômodo durante o sono e irritações na pele delicada do neném. Se for necessário trocas durante a noite, faça a dica de utilizar lenços mornos para limpar a região genital. Essa tática é ótima para que o bebê não acorde completamente enquanto você faz o procedimento.

6) Amamente antes do bebê dormir

Outra maneira de garantir que seu filho durma a noite inteira é amamentá-lo logo antes da hora de descanso. Assim, a fome demora a chegar e o bebê não acordará irritado durante a noite. Com o início do desmame liberado a partir dos 6 meses de idade, você pode diminuir a frequência da amamentação principalmente daquelas feitas na madrugada.

7) Recrie o aconchego do útero materno

O contato da pele do bebê com o colo da mãe ou do pai é um modo de acalmar a criança e embalá-la para um sono profundo. O movimento de vai e vem conforta o bebê e o deixa sonolento, pois é uma referência ao ambiente que o útero da mãe proporciona.

Para transmitir a sensação de segurança e acolhimento, enrole o bebê em uma manta de modo que envolva todo o seu corpo. Dessa maneira, você ajuda a refrear os reflexos que a criança pode vir a ter durante o sono, evitando que ele desperte assustado. A youtuber, mãe e consultora de amamentação Dayane Dos Anjos fez um vídeo explicando o passo a passo de como enrolar o bebê do jeito correto. Assista!

8) Prepare o quarto do bebê para a noite

Diminua a luminosidade do quarto fechando as cortinas e deixando apenas uma luz indireta acesa para que o bebê não se assuste caso acorde no escuro. Cuide para que a temperatura do ambiente esteja confortável e bloqueie a entrada de barulhos fechando a janela do quarto.

9) Utilize ruído branco a seu favor

O som constante, baixo e suave é conhecido como ruído branco. Seu principal benefício é que ao se sobrepor a outros barulhos, ele auxilia na diminuição de estímulos externos identificados pelo cérebro do bebê. Você pode ligar o ventilador voltado para a parede oposta ao bebê ou então usar aplicativos que reproduzem esse tipo de som.

10) Ensine o bebê a dormir no berço

O processo de embalar a criança até que ela pegue no sono pode se tornar um problema futuramente. O bebê deve aprender desde cedo que o seu lugar de dormir é no berço.

Logo nos primeiros três meses de vida, os pais devem criar o hábito de colocar a criança no berço com a barriga para cima enquanto ela está levemente sonolenta e continuar a confortá-la usando uma voz tranquila e acariciando a pele do neném até que ele pegue no sono.

O processo de aprendizado do bebê para que ele não acorde ao longo da madrugada é desgastante, mas o sucesso dos pais sempre dependerá de muita paciência e apoio mútuo para persistir na construção da nova rotina da família.

Para continuar a ter acesso a conteúdos de qualidade que prezam pela saúde da sua família, continue acompanhando o blog da FA Colchões. Por aqui você aprenderá mais curiosidades sobre o sono do seu bebê, e de toda a família!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo