Bem EstarCuriosidades do Sono

Sono anabólico e hipertrofia: o que não te contaram 

Muitos não sabem, mas o exercício físico é baseado em uma tríade: treino, alimentação e descanso. Você já aprendeu que o sono tem a função de fixar as nossas memórias, no entanto, do ponto de vista fisiológico, o sono é bem mais que isso.

O nosso sono é sem dúvidas umas das fases elementares para hipertrofia e perda de peso. O que sabemos hoje em dia é que, se nos falta sono, tendemos a perder massa muscular, pioramos a metabolização da insulina e ainda temos uma diminuição em nossos hormônios.

Você já deve ter ouvido falar em sono anabólico em algum momento da vida. O sono anabólico nada mais é do que a utilização do descanso, etapa essencial à vida, para aumento de massa muscular, considerando que muitos hormônios são liberados durante o processo, como a testosterona e o GH.

No post FA de hoje, decidimos discorrer sobre esse tipo de sono e os seus benefícios para hipertrofia, além, é claro, de te dar algumas dicas essenciais para melhorar a sua noite de sono. Vem com a gente!

Os principais benefícios do sono anabólico

Quando associamos o sono aos exercícios físicos somos levados àqueles momentos de recuperação. Isso porque nas situações de recuperação ocorrem a liberação dos hormônios anabólicos. A privação do sono ou sua fragmentação traz uma má qualidade ao sono, de modo que, ao despertarmos, nos sentimos extremamente cansados.

Um sono de baixa qualidade acaba sendo um problema para a recuperação do ponto de vista fisiológico, porque modifica a nossa secreção de testosterona e GH, de hormônios adrenocorticais e de tireoidianos. Isso porque é durante a noite que passamos pela regulação do sistema neuroimunoendócrino.

Em outros termos, a testosterona regulada em níveis fisiológicos ajuda o seu organismo a operar de maneira adequada, seja pela diminuição da pressão arterial, do risco cardiovascular, melhorando o perfil lipídico, diminuindo a sensibilidade periférica à insulina e glicose e, claro, pela construção muscular.

O GH também é crucial para o aumento da massa muscular e o seu maior pico de secreção se dá pelo sono. Conforme descansamos, a liberação de GH auxilia na hipertrofia e na perda de gordura. Então, você já deve ter percebido o quão valiosa é uma noite de sono.

Um sono limpo e regulado é importante para baixar os níveis de sensibilidade à glicose e insulina, o que pode facilitar a perda de gordura e diminuir os riscos de diabetes. Por outro lado, é crucial para evitar o catabolismo, processo este em que há a perda de massa magra, nesse caso devido ao aumento exponencial do cortisol, que pode elevar ainda a possibilidade de acúmulo de gordura.

Sintomas de que você precisa de uma boa noite de sono

Há alguns sinais que podemos perceber ao longo do dia, principalmente durante o treino, de que o nosso corpo precisa de mais horas de sono para poder descansar e voltar à regularidade de suas funcionalidades.

O primeiro sinal que nos aparece é chegar na academia cansado, como se faltasse uma disposição para o treino. Podemos, ainda, perceber que aliada ao cansaço apresenta-se ainda uma aversão aos exercícios. O pump que tanto buscamos acaba não vindo, porque estamos cansados antes mesmo de realizar uma quantidade de exercícios que seja capaz de provocá-lo.

Outro fator que pode sinalizar a falta de sono é um desequilíbrio do apetite. Isso porque o corpo reconhece a falta de sono como se fosse uma fadiga e falta de energia, estimulando você a recompensá-la se alimentando.

5 macetes para melhorar o seu sono anabólico

Agora que você já sabe no que consiste o sono anabólico e como ele pode te ajudar na conquista da tão sonhada hipertrofia, anote aí alguns macetes para dormir bem.

1. Equilíbrio de temperatura

O ideal é que a temperatura do ambiente esteja entre 20º e 23°, uma vez que altas temperaturas podem causar microdespertares e muito frio pode diminuir a profundidade do sono.

2. Colchão confortável

Macio, mas não muito mole, uma vez que o mesmo pode desalinhar a sua postura, gerando desconfortos. Já existem no mercado colchões voltados para a recuperação e descanso dos atletas, como o Max Recovery, feito com espuma de alta resposta e revestimento belga.

3. Banho quente antes de dormir

Favorece a ação do sistema nervoso parassimpático, ajudando no relaxamento fisiológico e na estabilidade do humor.

4. Diminuição da entrada de luz

Ajuda no equilíbrio da produção da melatonina e não compromete a integridade do sono. Optar por cortinas blecautes é uma boa opção.

5. Evitar treinos perto da hora de dormir

Do contrário do que se imagina, treinar antes de dormir ativa o sistema simpático e, consequentemente, libera adrenalina e epinefrina, mantendo-nos em estado de alerta.

Chegamos ao fim de mais um post. Esperamos que as nossas explicações sobre sono anabólico tenham sido úteis a você e que os nossos macetes possam te ajudar a manter uma noite de sono limpa e saudável.

E antes de ir, navegue pelo nosso site, conheça as nossas publicações e tire todas as suas dúvidas sobre colchão e higiene do sono para assegurar uma saúde de qualidade.

Até mais!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo