Curiosidades do Sono

Entendendo o sonambulismo: tudo sobre o distúrbio!

O sonambulismo é muito discutido e estudado há milhares de anos, um fenômeno curioso que faz parte da vida de tantos indivíduos. Pode assustar algumas pessoas, outras vivem com casos parecidos, entretanto alguns cuidados devem ser tomados, pois quem é sonâmbulo se esquece do que faz inconscientemente, correndo risco de ter até alguns problemas.

Esse distúrbio é uma parassonia que pode ocorrer em todas as idades, suas características são bem incomuns, pois a pessoa começa a andar pela casa, falar durante o sono ou fazer movimentos indesejados enquanto dorme. Pode ser muito perigoso e até trazer riscos, como acidentes ou problemas físicos causados pelo desequilíbrio e falta de tempo e espaço.

Acontece uma variação do comportamento do sono e não costuma aparecer sempre, porém se começar a aumentar a frequência para mais de uma vez por mês, é preciso procurar ajuda de um profissional da saúde.

A fase do sono em que acontece o sonambulismo é a Não-REM, que normalmente não libera as funções motoras. Com o surgimento do distúrbio, essa liberação dos movimentos motores acontece, permitindo que a pessoa realize comportamentos indesejados. Sono Não-REM e REM são etapas que se dividem em outros estágios menores, a parassonia se localiza quando estamos no estado profundo.

Quais os sintomas do sonambulismo?

As pessoas que enfrentam o sonambulismo apresentam sintomas como: levantar da cama enquanto dormem, conversar mesmo deitado, diálogos sem nexo, realizar movimentos corporais, podendo andar pela casa, abrir a geladeira, ou seja, qualquer atividade rotineira que ela esteja acostumada a fazer pode ser desempenhada durante o sono pelo sonâmbulo.

Há casos recentes que mostram que algumas pessoas começaram a mandar mensagens de textos enquanto dormiam, e uma das causas que fez isso acontecer foi o distúrbio. Imagine você enviar uma mensagem sem intenção para alguém? Pois é, por isso é preciso tratar o problema, se perceber os sintomas, desde cedo.

Além disso, ele costuma acontecer mais frequentemente com crianças entre 7 até 13 anos, porém esse distúrbio do sono pode se prolongar por toda a vida adulta. Quando os pais percebem esses comportamentos anormais, é preciso se atentar para evitar acidentes, por isso deixe sempre todas as janelas e portas trancadas, esconda objetos cortantes e se persistir por mais tempo e consulte um médico para te orientar melhor.

Como tratar o sonambulismo?

Não existe uma prova do que causa o distúrbio, mas muitas pesquisas apontam um fator que se repete que é o genético, portanto se algum familiar já apresentar casos de sonambulismo, possivelmente outros futuros familiares podem desenvolver essa parassonia também.

Apesar de ser benigno, o tratamento para o caso é imprescindível, pois os riscos aumentam conforme os eventos acontecem. O tratamento deve ser feito com um médico, que vai acompanhar o caso e receitar provavelmente um medicamento para o sono, que geralmente diminui a ansiedade e, consequentemente, combate tensões corporais relaxando seu corpo.

Pode ser que no início do processo ainda aconteçam um ou outro casos do sonambulismo, porém, assim como qualquer outro tratamento de alguma doença, é preciso tempo e principalmente apoio de outras pessoas, uma vez que o distúrbio não atinge só quem está passando por ele, mas pode até ser perigoso para quem está junto à pessoa.

Pode acordar alguém sonâmbulo?

Um mito que é contado há muitos anos por muitas pessoas é que não se deve acordar alguém que está sonâmbulo, mas não se preocupe, porque já existe uma resposta para essa pergunta. Na verdade não existe essa regra, pois quem está sonâmbulo precisa ser acordado imediatamente a fim de evitar que aconteça qualquer acidente.

E como acordar alguém sonâmbulo? Você precisa ter paciência e acordar de forma gentil para a pessoa não se assustar, já que é apenas o corpo que está em movimento, o cérebro ainda está processando as informações do sono, e ao acordar podem acontecer comportamentos inesperados.

Se alguma pessoa reagir agressivamente quando você a acordar, peça com calma para que ela olhe em volta e reconheça o ambiente em que está, é preciso localizá-la, afinal, ela poderia estar em qualquer outra dimensão da imaginação. Por isso pode ser que muitas pessoas tenham essas reações mais severas, pois não estão com noção do que está acontecendo.

O que é recomendado para alguém que sofre de sonambulismo?

  • Não se automedique

Muitas pessoas tomam medicamentos sem prescrição médica e isso pode ser perigoso, principalmente para quem sofre de sonambulismo, pois acontece o distúrbio precisa de medicamentos específicos dependendo de cada caso.

  • Durma bem

Para que suas noites não se tornem pesadelos, é preciso dormir bem e criar uma rotina do sono. Quando você dorme adequadamente, suas chances de curar a parassonia aumentam e você organiza melhor seus dias.

  • Alimentação saudável

Coma alimentos saudáveis que ajudam na melhor digestão. Os alimentos influenciam diretamente na sua saúde, por isso também consulte um nutricionista que pode te indicar os melhores alimentos para dormir bem e ainda te ajudar no dia a dia.

Agora que você já entendeu um pouco sobre esse distúrbio do sono, não deixe de acompanhar os outros conteúdos, fique por dentro porque a FA Colchões está sempre atualizando os melhores assuntos sobre a saúde do sono e outras curiosidades! Até a próxima!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo